Feliz 2014!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Olá turma estamos começando um novo momento em suas vidas.Momento de focar em conhecimentos sólidos, que deverão permanecer por um bom tempo com você.História é uma disciplina de agrega conhecimento e cidadania. Estarei auxiliando a todos neste processo com essa nova ferramenta que nós dara além da página no face mais uma porta de contato, porém agora virtual.
Abraços em todos e vamos lá ,rumo ao sucesso!
Quem me acompanha????????????
Profª Patricia Medina

Pesquisar este blog

Loading...

sábado, 29 de agosto de 2015

ENTREVISTA - General Leônidas revela detalhes da Ditadura no Brasil

HISTÓRIA DO BRASIL POR BÓRIS FAUSTO - REGIME MILITAR (vídeo completo)

As vítimas da ditadura - Depoimentos

Memórias da Ditadura - Caminhos da Reportagem

Deixar na bancada:
QUESTÃO 1
Texto I



Em 1968, estudantes se uniram para combater o regime militar. A foto é da Passeata dos Cem Mil, considerada a mais importante manifestação da resistência

Nas décadas de 1960 e 1970, o movimento estudantil brasileiro foi importante foco de resistência e mobilização social à ditadura civil-militar. Organizados em diversas entidades representativas, como os DCEs (Diretórios Centrais Estudantis), as UEEs (Uniões Estaduais dos Estudantes) e a UNE (União Nacional dos Estudantes), suas reivindicações, protestos e manifestações influenciaram os rumos da política. Os estudantes protestavam por causas específicas como a ampliação de vagas nas universidades públicas, por melhores condições de ensino, contra a privatização e também em defesa das liberdades democráticas e por justiça social.
Em março de 1968, o estudante secundarista Edson Luís de Lima Souto foi morto pela polícia militar no Rio de Janeiro (RJ) durante um protesto, o que causou comoção popular e marcou o início de intensas mobilizações contra o regime. Com receio que a Polícia Militar sumisse com o corpo de Edson Luís, os estudantes o levaram para ser velado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.
A notícia da tragédia havia se espalhado e mais de 50 mil pessoas tomaram as ruas. A UNE decretou greve geral, entidades estudantis de vários estados solidarizavam-se com o ato, sindicalistas, artistas, religiosos e intelectuais demonstravam apoio ao movimento. Em junho do mesmo ano, a chamada “Passeata dos 100 mil” marcou a história da resistência e teve participação expressiva de estudantes.
Entre 1968 e 1978, sob o AI-5 e a Lei de Segurança Nacional de 1969, ocorreram os chamados Anos de Chumbo. Neste período, houve um estado de exceção com controle sobre a mídia e a educação, censura sistemática, prisão, tortura, assassinato e desaparecimento forçado de opositores do regime.

Texto 2
video

OBS: Este vídeo não representa o pensamento de todos os jovens brasileiros.

Com base na leitura dos textos I e II, o que se pede.
 a-EXPLIQUE o papel dos jovens nos dois momentos da história do país.
b-Aponte os motivos dessa desarticulação(?) demonstrada no  vídeo do TEXTO II
c-Aponte o motivo da articulação demonstrada no TEXTO I.
d-Qual sua posição diante da atual situação politica do seu pais?


terça-feira, 23 de junho de 2015

1- Em 1945 com o término da 2ª Guerra Mundial, o Bloco Capitalista liderado pelos Estados Unidos teve sua área de ação reduzida pela ampliação do Bloco Socialista.
Relacionado a este contexto, julgue os itens.
( V) A expressão Guerra Fria é utilizada para caracterizar o confronto político, militar, econômico e ideolégico entre os EUA e a URSS, envolvendo seus respectivos aliados.
( F) O Plano Marshall (1947) propunha-se a fornecer ajuda bélica aos países europeus e garantiu a influência inglesa.
( V) A URSS não permitiu que os países socialistas da Europa participassem do Plano Marshall, surgindo daí a expressão "Cortina de Ferro".
( V) A OTAN em 1949 surgia como um tratado militar que visava preservar a Europa Ocidental dentro da esfera de influência norte-americana.
( V) O Pacto de Varsóvia em 1955 reunia a URSS e as Democracias Populares da Europa Centro-Oriental (com exceção da Iugoslávia) criando uma segurança coletiva e mantendo a unidade da Europa Oriental dentro da esfera soviética.

2- “Um dos exemplos do estado de pânico total que dominou a sociedade norte-americana naqueles anos iniciais da década foi a *cruzada anticomunista* que levou o nome de Macarthismo por causa do senador Joseph MacCarthy”.
(Dea Fenelon, A GUERRA FRIA,1983)
Explique o que foi o Macarthismo e as suas relações com a Guerra Fria.
Com o clima de medo provocado pela Guerra Fria, acusações contra os supostos inimigos do sistema democrático multiplicaram-se nos Estados Unidos. Em 1945, foi criado no Congresso Norte-americano o COMITÊ DE ATIVIDADES ANTIAMERICANAS, coordenada pelo senador republicano Joseph McCarthy. A partir de 1947, o órgão passou a investigar a vida pessoal de intelectuais, artistas, líderes sindicais e até mesmo de funcionários do governo, suspeitos de realizar atividades “subversivas”, promovendo audiências públicas, nas quais essas pessoas eram obrigadas a depor. Entre alguns dos acusados estavam algumas figuras conhecidas, como cineastas Charles Chaplin e Fred Zinemann, o físico Robert Oppenheimer, um dos pais da bomba atômica, e outros.
3- “Guerra improvável, paz impossível”. Em que esta frase de Raymond Aron ilustra as relações americano-soviéticas de 1945 a 1989?
Indicava que a qq momento haveria um ataque de um em relação ao outro.

4-No contexto da bipolarização comandada pelos Estados Unidos da América e União Soviética, levantou-se na Alemanha, em 1961, o "Muro de Berlim". Em 1989 ele foi derrubado. Qual o significado da sua construção e de sua queda, para o cenário internacional?
Sua construção simbolizava a divisão do mundo em dois blocos ou partes e sua queda (destruição) o fim dessa divisão, dessa polarização.

5- Destaque o principal episódio que marcou as tensões entre Estados Unidos e União Soviética e deixou o mundo aflito com a possibilidade de uma guerra nuclear.
A Guerra da Coreia, a guerra do Vietnã, a construção do muro de Berlim, a invasão norte-americana à Baia dos Porcos, a crise dos mísseis, a invasão soviética no Afeganistão.



6- Explique o que foi o Plano Marshall e o sua relação com a Guerra Fria.
Foi o principal plano dos Estados Unidos para a reconstrução dos países aliados da Europa nos anos seguintes à Segunda Guerra Mundial. A iniciativa recebeu o nome do Secretário do Estado dos Estados Unidos, George Marshall.Pretendia evitar a ascensão das ideias socialistas na Europa.

7- As diferenças entre capitalismo e socialismo criaram um tempo de tensão mundial conhecido como “guerra fria”. Explique este fato histórico e as consequências que ele trouxe.
A guerra fria é a designação dada ao conflito político-ideológico entre os Estados Unidos (EUA), defensores do capitalismo, e a União Soviética (URSS), defensora de uma forma de socialismo, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial e a extinção da União Soviética.

É chamada de "fria" porque não houve qualquer combate físico, embora o mundo todo temesse a vinda de um novo combate mundial, por se tratarem de duas potências com grande arsenal de armas nucleares. Norte-americanos e soviéticos travaram uma luta ideológica, política e econômica durante esse período. Se um governo socialista era implantado em algum país do Terceiro Mundo, o governo norte-americano logo via aí uma ameaça a seus interesses; se um movimento popular combatesse uma ditadura militar apoiada pelos EUA, logo receberia apoio soviético.
8-Ufc 2010) Ao descrever o processo de desenvolvimento capitalista durante o século XIX, o historiador Eric Hobsbawm argumenta que o mundo se dividiu em “dois setores”: o primeiro identificado por países de economias avançadas e o segundo, em regiões onde o processo de desenvolvimento econômico e político foi menos intenso. Desse modo, segundo Hobsbawm, “existia claramente um modelo geral referencial das instituições e estruturas adequadas a um país ‘avançado’, com algumas variações locais”.

a) Indique três características de um país “avançado” no século XIX.
um Estado nacional homogêneo, capaz de impulsionar o desenvolvimento econômico; a organização social e política representativa, do tipo Liberal-Democrática; fortes noções de cidadania que têm relação direta com as instituições do governo nacional; um Estado soberano.


b) Que continente se destacou como centro do processo de desenvolvimento capitalista durante o século XIX?
O mundo avançado se destacou por altos índices de crescimento comercial, pela expansão industrial, pelo rápido crescimento populacional e pelo desenvolvimento de grandes centros urbanos. Este crescimento foi acompanhado pela democratização do acesso à educação básica. O continente que se destacou como centro do processo de desenvolvimento capitalista no século XIX foi a Europa.

c) Identifique três países considerados avançados durante este período.
Entre os países, se destacaram como sendo pertencentes ao primeiro mundo: a Bélgica, a Grã- Bretanha, a França, a Alemanha, a Holanda e a Suíça.

9-O que foi a Conferência de Bandung? Quais decisões foram tomadas pelos participantes?
é o nome com o qual ficou conhecido historicamente o encontro ocorrido nesta cidade indonésia entre 18 e 24 de abril de 1955 e que reuniu os líderes de 29 estados asiáticos e africanos, responsáveis pelos destinos de 1 bilhão e 350 milhões de seres humanos. Tinha como objetivo promover uma cooperação econômica e cultural de perfil afro-asiático, buscando fazer frente ao que na época se percebia como atitude neocolonialista das duas grandes potências, Estados Unidos e União Soviética, bem como de outras nações influentes que também exerciam o que consideravam imperialismo, ou seja, promoção indiscriminada de seus próprios valores em detrimento dos valores cultivados pelos povos em desenvolvimento. importante ideia saída desta conferência é a concepção de Terceiro Mundo, além dos princípios básicos dos países não-alinhados, o que se traduz em uma postura diplomática geopolítica de equidistância das duas super-portências. Assim, a "inspiração" para a implementação do movimento dos não-alinhados surge nesta conferência, sendo que sua fundação se dará na Conferência de Belgrado de 1961.

10-Qual circunstância mundial facilitou o processo de descolonização da África e Ásia?
O final da Segunda Guerrae a necessidade de reconstruir o continenteeuropeu,enfraqueceu as possibilidades de impedirem a independência
11-O que significou na prática se “não alinhado”?
uma postura diplomática geopolítica de equidistância das duas super-portências. Assim, a "inspiração" para a implementação do movimento dos não-alinhados surge nesta conferência, sendo que sua fundação se dará na Conferência de Belgrado de 1961
12-Caracterize a postura pacifista de Gandhi no processo de Independência da Índia
. A ação de Gandhi consistia em desobedecer as leis inglesas sem se importar em sofrer as consequências do ato, em boicotar os produtos ingleses, em fazer greves de fome para que hindus e muçulmanos deixassem de lado as divergências religiosas e se unissem em favor da causa comum: a independência. Todas as ações previam que os manifestantes não usassem nenhum tipo de violência.
13-Caracterize a Marcha do Sal.
foi um movimento com o objetivo de impedir a proibição da atividade de extração do sal na Índia, que era uma colônia da Inglaterra. Com a medida, um proibição dos britânicos, Mahatma Gandhi iniciou uma caminhada que começou no mosteiro Sabarmati Ashram e terminou em Dandi, pequena aldeia em que o líder revolucionário pegou uma quantidade de sal como gesto simbólico. Mesmo após a prisão do líder indiano, o movimento continuou até Bombaim.
Na realização deste manifesto, Gandhi foi seguido por um bom número de adeptos, porém, o líder indiano não incitou nenhum de seus seguidores a acompanhá-lo, o que impediu uma reação instantânea das autoridades britânicas. A Marcha do Sal foi iniciada no dia 12 do mês de março e terminou somente no dia seis de abril do ano de 1930.
14-É fato que a descolonização não foi na prática uma ação exclusiva dos colonizados e sim uma decisão dos colonizadores.Justifique essa afirmativa guerra cederam a independência
Sim, pois impedidos economicamentede reagirem, os impérios europeus do pós guerra cederam a independência

15-Como a Argélia se tornou quase uma exceção no processo de descolonização e qual a saída apontada pela França para libertá-la?
Porque era interessante do ponto de vista econômico manter a Argélia, pois era rica em petróleo.
16-(Cesgranrio) "Morre um homem por minuto em Ruanda. Um homem morre por minuto numa nação do continente onde o Homo Sapiens surgiu há um milhão de anos... Para o ano 2000 só faltam seis, mas a Humanidade não ingressará no terceiro milênio, enquanto a África for o túmulo da paz."
(Augusto Nunes, in: jornal O GLOBO, 6.8.94)

A situação de instabilidade no continente africano é o resultado de diversos fatores históricos, dentre os quais destacamos:
acirramento das guerras intertribais no processo de descolonização que não respeitou as características culturais do continente.

17-Indique a posição de Dutra em relação a política internacional.
Em tempos de Guerra Fria, a posição de Dutra foi colocar fim as relações com URSS,China e permanecer ao lado dos EUA.

18-Dutra não foi o que podemos chamar de um bom presidente.Por quê?
Não soube investir os recursos disponíveis,deixados pelo governo anterior.

19-Como o governo de Dutra contribuiu para a volta de Vargas em grande estilo?
Sendo ineficiente como presidente, acabou facilitando a volta de Vargas na próxima eleição.
20-Como Vargas desagradou os interesses da elite Brasileira?
Ao assumir uma postura extremamente nacionalista, implicou na insatisfação da eleite empresarial brasileira
21-Relacione o Atentado da Rua Toneleiros a queda de Vargas.
Vargas foi acusado de ser o mandante da tentativa de assassinato de Carlos Lacerda, na Rua TONELEIROS
22-Quem são os entreguistas?
Este nome foi criado por Vargas para indicar os brasileiros que estavam muito mais voltados aos interesses norte americanos que os brasileiros
23-A base da campanha de Jk era “cinquenta anos em cinco”
Fazer em apenas cinco anos o que normalmente demoraria 50 anos para ser feito.
O que significava esse slogan?
Progresso
24-O desenvolvimento do governo de Juscelino Kubitschek, que se traduziu no Plano de Metas.O que foi esse plano?
grandes investimentos do Estado e entrada maciça de capital estrangeiro.

terça-feira, 19 de maio de 2015

GABARITO DA LISTA DE HISTÓRIA

1-Foi o rompimento do modelo politico característico da República Velha,ou seja, o fim da Politica do Café com Leite.
2-B
3-C
4-D
5-D

6-Anulação da Constituição de 1891
-Retiradas dos governadores eleitos e substituição por interventores.
-Fechamento do Congresso,inviabilizando a ação do legislativo.

7-A
8-D
9-B
10-Movimento armado paulista de oposição a Vargas, cujo motivo era a falta de uma Constituição ,o que centralizava o poder nas mãos do Executivo.
11-Foi uma tentativa de golpe organizada pela ANL,cujo objetivo era retirar G.V.do poder.Não deu cero e seus componentes forma presos.
12-Plano Forjado para Vargas se manter no poder.Com ele, Vargas instala a Ditadura do Estado Novo.
13-Oposição ANL e apoio:AIB
14-Ele alegou que estava defendendo o país de uma invasão comunista.Entretanto, o objetivo real era manter-se no poder.
15-C
16-C
17-C
18-C
19-A
20-D
21-E
22-B
23-C
24-C
25-A
26-D
27-C
Respostas da Lista de Filosofia

1-A
2-A
3-B
4-B-INDUÇÃO
5-B
6-B

segunda-feira, 20 de abril de 2015

ATENÇÃO: Esse material é construído para ser objeto de estudo, pois ao respondê-lo você estará exercitando seu raciocínio.
-As respostas da lista estarão disponíveis no BLOG: http://patriciamedina-historia.blogspot.com.
-Nas semanas que antecedem a prova estaremos tirando todas as dúvidas em relação ao conteúdo e a questões da lista.
-Atenção:em caso de ausência da lista na semana de correção,o aluno estará sujeito a anotação na agenda e a perda de nota nas atividades mensais.

Após estudar sobre o significado de Filosofia, podemos afirmar que:
a) O conhecimento filosófico pretende ser objetivo, preciso,seguro, inquestionável.
b) O conhecimento filosófico busca a aparência imediata de todas as coisas.
c) O conhecimento filosófico é um conhecimento mítico.
d) A Filosofia é um conhecimento que busca o questionamento o tempo todo.
e) A Filosofia é um conhecimento seguro por ser pronto e acabado.

2- As lendas sempre foram alicerces para os povos antigos. Os gregos, por exemplo, tributavam suas origens aos heróis, a deuses. Essas explicações lendárias:
a) Representam histórias criadas fora da realidade de um povo, justificando uma condição ou ação dos homens.
b) Sempre se basearam em acontecimentos reais.
c) Confirmaram que as civilizações em sua origem, não possuem vínculos com seu passado lendário.
d) Tem por fundamento o ideal religioso, sem nenhum interesse com a vida em sociedade.
e) São apenas formas artísticas ou literárias que dependem dos interesses e vida da sociedade, sem explicação racional.

3- Analise as alternativas abaixo:
1- A Filosofia é um conjunto de ideias sobrenaturais.
2- A Filosofia tenta responder ás perguntas fundamentais.
3- A Filosofia é um fazer constante: o filosofar.
-Assinale a alternativa que indica todas as alternativas corretas:
a) É correta apenas a alternativa 3.
b) São corretas as afirmativas 1 e 2.
c) São corretas apenas as alternativas 1 e 3.
d) São corretas as afirmativas 2 e 3.
e) São corretas todas as afirmativas.
4-"A Filosofia é uma reflexão crítica a respeito do conhecimento e da ação, a partir da análise dos pressupostos do pensar e do agir e, portanto, como fundamentação teórica e crítica dos conhecimentos e das práticas."
(Fonte: MEC. Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio Mais (PCN+EM)).
Sobre a reflexão crítica, assinale a alternativa INCORRETA.

(A) A Filosofia indaga sobre o significado e realidade das coisas.
(B) A Filosofia questiona como as coisas e a realidade se estruturam.
(C) A Filosofia pergunta o que são as coisas, suas origens, causas e efeitos.
(D) A Filosofia é um processo de reflexão, um "conhece-te a ti mesmo".
(E) Para a Filosofia não é necessário compreender nossa capacidade de conhecer.
5-Explique o que significa refletir filosoficamente.
6-Sobre as estruturas de um mito é INCORRETO afirmar:

(A) Mito é uma verdade para a civilização que o desenvolveu.
(B) Na condição de uma explicação, o mito sempre se refere a uma coisa verdadeira, real e existente, apesar de, em si, ser fantasioso e fabulativo.
(C) Mito é uma forma de explicação pré-racional e pré-científico.
(D) O Mito é manifestado de forma totalmente racional ajudando a explicar o surgimento da filosofia.
(E) O mito é uma narrativa baseada na autoridade e confiabilidade do narrador.
7-A ciência moderna, que rompe com a filosofia, apresenta-se como saber apto a isolar uma dimensão particular da realidade, mas deixa para outros a compreensão da origem e do objetivo da vida humana. A partir dessa época surgem vários pensadores que pretendem desvendar os mistérios da natureza, entre eles, Leonardo da Vinci, João Kepler, Nicolau Copérnico, Gilbert, chamados de filósofos Exercícios de Filosofia experimentais, ou simplesmente cientistas. O reordenamento do mundo passa pela idéia da mecânica do universo, e geometrização do espaço. A partir dessa idéia de reordenação do espaço, julgue os itens abaixo e assinale a única alternativa falsa:
a) A nova concepção espacial o vê como neutro, homogêneo, mensurável, calculável, sem hierarquia e sem valores, portanto, sem qualidades.
b) É preciso nova concepção da ciência da natureza como pensar do cosmos baseado na mecânica. c) O universo, feito de figuras geométricas quadradas e retangulares, jamais foi escrito em linguagem matemática.
d) É necessário estruturar leis do movimento e do repouso que conservam ou alteram a grandeza e a figura das partículas, bem como aceitar a concepção física da Causa e do Efeito.
8-Diferencia a filosofia da ciência.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Correção Lista de filosofia
1-A Filosofia utiliza a razão?
Sim, pois segundo o texto, a filosofia ao questionar a realidade necessita de criticidade ,portanto , o uso da razão.
2-Qual o significado da palavra filosofia?
Philos=AMIGO
Sophia=SABEDORIA
3-Qual o significado prático do termo?
É a habilidade de buscar conhecimento de forma critica e consciente.
4-Analise a ação de filosofar sob a ótica de Antônio Gramsci( olhar pág. 5 do livro)
Inicialmente desmistificar a dificuldade como característica principal do ato de filosofar.Dar a habilidade de filosofar a naturalidade,pois só de pensar, você estará filosofando.
5-Narrativas dos mitos, como nos antigos narradores Homero, Hesíodo, eram a expressão da Filosofia?
Não,era apenas uma tentativa de explicar acontecimentos sem que houvesse uma prova científica.
6-Analise o quadrinho de Mafalda na pág. 6, e em seguida responda: Para ela filosofar é algo comum?
Não, é complicado e precisa de esforço intelectual.
7-“Só sei que nada sei” é a base da filosofia segundo Sócrates, por quê?
Por que nunca alcançaremos a sabedoria plena. A medida que aprendemos algo,novas dúvidas surgem.
8-Estabeleça a diferença entre mito e religião.
Mito é uma narrativa para explicar alguns atos.Já a religião, surge para responder as dúvidas do homem em relação a seu destino e sua existência
9-Explique por que a curiosidade é uma importante característica do filósofo?
Quem não pergunta nãofilosofa,assim, da dúvida surgem as perguntas
CORREÇÃO DA LISTA DE HISTÓRIA
1- As diferenças entre o colonialismo e o neocolonialismo estão no campo político e econômico. Durante o colonialismo nos séculos XVI e XVII, as principais potências econômicas eram Portugal e Espanha que encabeçaram a colonização da América. Nesse período, as relações de trabalho nas colônias eram realizadas através do trabalho escravo e os produtos extraídos eram de gênero agrícola. A legitimação para a exploração da América estava na esfera religiosa, a disseminação do catolicismo nas colônias era uma maneira de justificar essa colonização. O Neocolonialismo praticado no século XIX estava inserido dentro das transformações econômicas que atingiram a Europa. A Revolução Industrial contribuiu para o crescimento de novas potências como Inglaterra e França, que buscavam mercado consumidor para os seus produtos industrializados e matéria-prima existente nos países chamados de terceiro mundo. A legitimação dessa política imperialista era a missão do homem branco, que por ser superior culturalmente aos africanos e asiáticos, deveria carregar o fardo de levarcivilização a esses povos.
2- O primeiro fator que podemos destacar é a Revolução Industrial na Europa a partir do século XVIII e XIX. A Revolução Industrial contribuiu para o aumento da produção dos produtos maquinofaturados, pois a tecnologia propiciava uma maior produção em menos tempo. Porém, com a produção em larga escala, houve a necessidade de novos mercados consumidores. A solução encontrada foi globalizar a economia e o capitalismo, tendo por objetivo aumentar o consumismo. Assim, os países periféricos passaram a ser vistos como mercados consumidores dos produtos industrializados dos países europeus.
Outro fator que podemos mencionar foi a busca por matéria-prima e mão de obra barata para alavancar a produção industrial. Além do mercado consumidor, era necessária também a aquisição de matéria-prima e mão de obra, como o ferro e o petróleo para a produção fabril e a força de trabalho para o sistema de produção. Trabalhadores africanos e asiáticos eram requisitados para esse trabalho, pois a mão de obra nos países periféricos tinha menor custo para as empresas. Assim, o desenvolvimento das indústrias buscava sempre gastar menos com o seu sistema de produção para ganhar mais com a comercialização dos produtos.
3-Neocolonialismo é o processo de dominação política e econômica da potências capitalistas sobre determinada nação, pricipalmente na África e Ásia. (No caso no contexto do período em questão)Imperialismo é a política de expansão e domínio territorial e/ou cultural e econômico de uma nação sobre outra.
4-SEM RESPOSTA,QUESTÃO INCOMPLETA
5-Fica Clara a função de cada espaço geográfico,enquanto uma existe para indstrializar a outra para fornecer matéria prima e mão de obra.É a divisão do trabalho.
6-São: Etnocentrismo, darwinismo social e racismo.A aceitação deve-se ao fato de todos estarem sendo diretamente ou indiretamente beneficiados.
7-Com a C. de Berlim, os europeus criaram as fronteiras artificiais que determinavam novas divisões territoriais na África.
8-Não procede, pois o fim da lei não inseriu o sul africano na sociedade, permanecendo estrangeiro em sua própria terra.
9-Estabelecendo abertura devagar com a entrada do ópio.Mais tarde ao ser proibido, provocou a Guerra do ópio,finalizando com a vitória da Inglaterra a ocupação do território.
10- . Foi um tratado de paz entre o Império Britânico e a Dinastia chinesa Qing que marcou o final das Guerras do Ópio . O tratado abolia o monopólio das treze fábricas no comércio estrangeiro em Cantão e em troca foram abertos cinco portos: os de Cantão, Amoy, Foochow, Ningpo e Shanghai, onde os britânicos puderam comercializar livremente. O Império Britânico também adquiriu o direito de enviar cônsules a estes portos abertos (Treaty Ports), aos quais era dado o direito de se comunicar diretamente com as autoridades chinesas locais. Também ficou estipulado que o comércio nestes portos estaria sujeito a tarifas fixas, que fossem acordadas entre os britânicos e o Governo Qing. O Tratado de Nanquim foi o primeiro de uma série de tratados durante o século XIX entre a China e as nações europeias aos quais se conhece como "Tratados Desiguais".
11-Por que os ingleses descobriram ouro e diamante
12- A elite indiana foi convidada a participar indiretamente do processo de domínio e exploração do povo indiano.
13-Com a Era Meiji, o Japão deixou de ser alvo do imperialismo,tornando-se um imperialista.
14-Aose considerarem “escolhidos por Deus” para levar o progresso, os EUA, instituíam a legalidade da exploração do território.
15-Isolacionismo em relação a Europa e Intervencionismo na América Latina.Toda lógica previa a intervenção militar em caso de desacordo com governos americanos e o afastamento definitivo dos europeus na região.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

ATENÇÃO: Esse material é construído para ser objeto de estudo, pois ao respondê-lo você estará exercitando seu raciocínio.
-As respostas da lista estarão disponíveis no BLOG: http://patriciamedina-historia.blogspot.com.
-Nas semanas que antecedem a prova estaremos tirando todas as dúvidas em relação ao conteúdo e a questões da lista.
-Atenção:em caso de ausência da lista na semana de correção,o aluno estará sujeito a anotação na agenda e a perda de nota nas atividades mensais.

“A colonização portuguesa e espanhola do século XVI havia se limitado quase que exclusivamente à América. No século XIX, porém, a necessidade de expansão dos mercados consumidores de produtos manufaturados e de controle sobre as regiões fornecedoras de matéria-prima deu início a nova corrida colonial, empreendida principalmente pelas potências industriais da Europa.” (Piletti, Nelson / Arruda, José Jobson de A. Toda a História: História Geral e História do Brasil. Ed. Ática – São Paulo, 2006.p, 298.)
1-Explique a diferença fundamental entre o colonialismo europeu exercido no século XVI e o neocolonialismo exercido no século XIX.
2-(UERJ – RJ) “Se tivéssemos de definir o imperialismo da forma mais breve possível, diríamos que ele é a fase monopolista do capitalismo”. (LENIN, V.I. O imperialismo: fase superior do capitalismo. São Paulo: Global, 1987.)
Indique, tomando como ponto de referência o texto acima, dois fatores que estimularam a expansão imperialista.
3-Qual a diferença de conceito em relação aos termos Neocolonialismo e Imperialismo?
4-- O Imperialismo, ocorrido no séc. XIX, tinha como objetivos, EXCETO:
a) desenvolver o capitalismo industrial.
b) garantir mercado consumidor.
c) buscar matérias-primas básicas na África e Ásia.

5-"... a Europa inchou de maneira desmedida com ouro e matérias-primas dos países coloniais: América Latina, China e África. De todos esses continentes, partem há séculos os diamantes e o petróleo, a seda e o algodão, as madeiras e os produtos exóticos. A Europa é literalmente a criação do Terceiro Mundo".
Frantz Fanon
Explique qual a relação econômico Frantz Fanon fez entre Europa e o Terceiro Mundo.

6- Todo processo neocolonial se baseou em explicações infundadas aospovos europeus.Neste contexto, explique que explicações foram essas e por que o povo europeu acreditou.
7-Relacione a Conferência de Berlin e as Fronteiras Artificiais.
8-O “ fim” do Apartheid não representou um avanço social.Justifique essa afirmativa.
9-Como os ingleses conseguiram abrir o mercado chinês?
10- Explique o que foi o Tratado de Nanquim em 1842.
11- Alguns descendentes de Holandeses viviam no sul da África,divididos entre os Oranges e os Transvaal.Viviam de forma pacifica com a população local.Entretanto essa paz foi quebrada pelos ingleses.Por quê?
12 – A ocupação indiana configurou-se por ter tido pouco resistência. Indique o que justificou essa postura dos indianos.
13-Explique como a Era Meiji determinou o papel do Japão no período Imperialista.
14-Como o Destino Manifesto foi usado pelo governo norte americano para justificar a Marcha para Oeste?
15-Explique as principais características da política externa dos Estados Unidos no decorrer do século XIX e inicio do século XX.
ATENÇÃO: Esse material é construído para ser objeto de estudo, pois ao respondê-lo você estará exercitando seu raciocínio.
-As respostas da lista estarão disponíveis no BLOG: http://patriciamedina-historia.blogspot.com.
-Nas semanas que antecedem a prova estaremos tirando todas as dúvidas em relação ao conteúdo e a questões da lista.
-Atenção:em caso de ausência da lista na semana de correção,o aluno estará sujeito a anotação na agenda e a perda de nota nas atividades mensais



1-A Filosofia utiliza a razão?
2-Qual o significado da palavra filosofia?
3-Qual o significado prático do termo?
4-Analise a ação de filosofar sob a ótica de Antônio Gramsci( olhar pág. 5 do livro)
5-Narrativas dos mitos, como nos antigos narradores Homero, Hesíodo, eram a expressão da Filosofia?
6-Analise o quadrinho de Mafalda na pág. 6, e em seguida responda: Para ela filosofar é algo comum?
7-“Só sei que nada sei” é a base da filosofia segundo Sócrates, por quê?
8-Estabeleça a diferença entre mito e religião.
9-Explique por que a curiosidade é uma importante característica do filósofo?